Pesquisar

A Lenda Do Jazz E Do Soul Marlena Shaw Morre Aos 81 Anos

Marlena Shaw, a vocalista de Jazz, Soul e R&B cuja música ‘California Soul’ foi uma das canções de Soul mais marcantes do final dos anos 1960, morreu. Ela tinha 81 anos. Marlena Shaw era uma figura icônica cuja música durou três gerações e que ainda é uma artista com destaque dentro do streaming mais de quatro décadas após seu auge comercial. Para se ter uma ideia, ‘California Soul’ com samples frequentes, tem mais de 100 milhões de streams somente no Spotify.

A filha de Shaw, Marla Bradshaw, anunciou sua morte em um vídeo postado no Facebook na última sexta, 19. A causa da morte não foi informada.

‘California Soul’ foi escrita por Nickolas Ashford e Valerie Simpson, a dupla de compositores da Motown por trás de sucessos como ‘Ain’t No Mountain High Enough’ e ‘Ain’t Nothing Like the Real Thing’. Ashford lançou sua própria versão da música pela primeira vez em 1968, mas Shaw gravou sua versão em seu álbum de 1969, The Spice of Life.

marlena shaw
Marlena Shaw no início da carreira

The 5th Dimension e Marvin Gaye também gravaram ‘California Soul’, mas a versão de Shaw se tornou o padrão. Foi um dos dois sucessos de The Spice of Life. O outro foi ‘Woman of the Ghetto’, de autoria de Shaw, também muita sampleada.

Nascida Marlina Burgess em New Rochelle, Nova York, em 22 de setembro de 1942, Shaw se apresentou em clubes de Jazz antes de assinar com a Chess Records no final dos anos 60. Ela lançou seus dois primeiros álbuns pelo selo Chess’ Cadet antes de partir para a Blue Note em 1972.

Foi no início da década de 1970 que Marlena Shaw realmente se tornou uma estrela, sua aparência deslumbrante e voz igualmente deslumbrante conquistando fãs ao redor do mundo e lançando sucessos como ‘Woman of the Ghetto’ e sua canção característica, ‘California Soul’.

Os vocais sensuais e melosos de Shaw, juntamente com letras socialmente conscientes, cativaram o público da época. E ela levou sua fama a outro nível depois de assinar com a Columbia Records e atingir o Top 20 com Sweet Beginnings, de 1977. Na década seguinte, ela também gravou para Verve, Polydor e Concord Jazz, e continuou a lançar álbuns até o início dos anos 2000. Ela também se apresentava regularmente em palcos ao redor do mundo.

Shaw, que teve cinco filhos, excursionou por mais de 50 anos e lançou 17 álbuns em oito gravadoras diferentes.

Em comunicado, a Verve Records lembrou de Shaw: “Estamos tristes pelo falecimento de Marlena Shaw, uma cantora maravilhosa cuja ‘California Soul‘ é tão popular hoje como sempre foi e cujo álbum It Is Love: Recorded Live At Vine St. ajudou a relançar o selo Verve em 1987.”

Pesquisar

Últimas postagens

Venha Ver Xantoné Blacq No Blue Note São Paulo Com O Jazzmasters

Rock&Roll Hall Of Fame Anuncia Indicados De 2024

Exclusivo – Xantoné Blacq Fala Sobre Carreira E Vinda Ao Brasil

Grammy 2024: Os 5 Momentos Mais Marcantes Da Noite

Joni Mitchell, Dua Lipa, Billy Joel E Mais: As Apresentações Mais Icônicas Do Grammy 2024

Grammy 2024: Quem Foram Os Vencedores

Compartilhe