Pesquisar

Steve Levine E Sua Baltic Jazz Recordings Apresentam Lois Levin Na Deliciosa ‘Pheromones’

BALTIC JAZZ RECORDINGS é uma gravadora com sede na capital musical do Reino Unido, Liverpool e fica no bairro boêmio conhecido como Triângulo Báltico, repleto de bares e mercados moderninhos, portanto o nome da gravadora, tem como base o local onde está localizada, uma área agitada, florescente, cheia de empreendedores de mídia e música abrindo novos caminhos.

O selo Baltic Jazz nos oferece o álbum REVISIONED, que apresenta alguns dos talentos emergentes do jazz e soul oferecendo novas interpretações de algumas faixas bem conhecidas do soul, jazz e underground. O álbum foi elaborado pelo chefe e produtor musical veterano Steve Levine e os dois primeiros singles do conjunto foram bem recebidos.

Com o foco atual na colaboração com jovens talentos emergentes, a Baltic Jazz Recordings de Levine – que começou há pouco mais de um ano e desde então apresenta vocalistas e instrumentistas em ascensão. “Há muitos grandes músicos de jazz no noroeste da Inglaterra, então o projeto foi uma forma de apresentar muitos desses grandes músicos através da Baltic Jazz Recordings.” Ele diz que além de um contrabaixo e uma guitarra elétrica passando por um Fender Deluxe Reverb, o MK8 tem sido o alicerce do novo projeto, e seu som está presente em todas as faixas: “O Rhodes MK8 está completo, o som é bastante rico e adorável”, afirma.

A música escolhida pelo nosso curador DJ Chico Aleixo para o Jazzmasters 1193 foi “Pheromones” com Lois Levin no vocal.

“Lois recentemente cantou essa música em alguns eventos ao vivo, o feedback foi tão positivo que decidimos gravar uma versão com o mesmo arranjo despojado (que voce pode assistir no vídeo abaixo). Totalmente ao vivo no estúdio, sem overdubs, com três dos músicos originais que tocaram no single, Jesse Eigen no baixo acústico, Jack Hymers, Rhodes Electric Piano e Joseph Smithson na guitarra elétrica, Lois Levin nos vocais, é claro – também filmamos o sessão para que você possa assistir a este excelente desempenho.”, disse Steve. O remix foi criado por Searchlight e apresenta dois artistas irlandeses de drum and bass de sucesso, Zero T e Beta 2, afastando-se das batidas pesadas e do baixo e entrando no mundo do jazz e do soul. Searchlight decidiu usar os vocais da faixa original e construir uma música totalmente nova em torno dela, carregando nos sintetizadores e batidas disco para transformá-lo em um groove para as pistas de dança.

Confira:

LEIA MAIS: Configa: Produtor Britânico Conversa Com O Jazzmasters Sobre Projetos Atuais E Futuros

LEIA MAIS: Adolescentes Em Ascensão, Thee Heart Tones Fala Sobre O Amor Eterno

Pesquisar

Últimas postagens

DJ E Produtora Honey Dijon Apresenta O House Com Influências Da Sua Infância Em Chicago

Terri Walker Mostra Amadurecimento E Apresenta Um Álbum Sem Expectativa De Agradar A Todos

Bomel, Mais Um Nome Que A Música Eletrônica Francesa Exporta Para O Mundo E Agora Aterrisa Aqui No Jazzmasters

Sy Smith Foca Nos Arranjos Vocais No Sexto Álbum De Estúdio E Apresenta Um Dos Melhores Álbuns Do Ano

Steve Levine E Sua Baltic Jazz Recordings Apresentam Lois Levin Na Deliciosa ‘Pheromones’

Adolescentes Em Ascensão, Thee Heart Tones Fala Sobre O Amor Eterno

Compartilhe