Pesquisar
eliza rose é o destaque dessa semana

Eliza Rose: Do Primeiro Emprego Na Loja De Discos Ao Topo Dos Charts. Conheça A Nova Dona Das Pistas

Eliza Rose é uma cantora, produtora e DJ que cresceu em Dalston, Zona Leste de Londres, e trabalhou na loja de discos Flashback Records aos 15 anos, além de apresentar um programa de rádio para a The Vinyl Factory.

Sobre seu primeiro emprego, ela diz: “Meus pais não colecionavam discos e sempre pensei nisso como algo antigo, branco, de classe média. Quando era uma jovem negra da classe trabalhadora, não era algo que eu sentisse que me pertencia. Mas assim que fui para lá, descobri muitos artistas como Billie Holiday, Ella Fitzgerald, Otis Redding, Al Green, sons clássicos do Soul. Antes disso, eu ouvia R&B dos anos 90 e garage do Reino Unido. Aí, quando descobri Amy Winehouse, eu tocava suas músicas e outras pessoas que trabalhavam na loja recomendavam que eu ouvisse outros artistas, como Sarah Vaughan. Muito rapidamente, tive à minha disposição todos esses artistas incríveis aos quais não teria tido acesso se não estivesse trabalhando na loja de discos, principalmente com tantos especialistas do gênero. Eles me mostravam músicas raras e escolhiam coisas para eu comprar, então recebi minha educação musical lá – e isso deu origem ao meu amor por tudo que amo agora. Foi um presente que eu não sabia que precisava.”

Seu grande momento foi com ‘B.OT.A. (Baddest Of Them All)’. Um House inspirado nos anos 90 chegando ao número 1 no Official UK Singles Chart – uma colaboração com o colega DJ/produtor Interplanetary Criminal que chegou ao Glastonbury Festival 2022. Eliza imaginou fliperamas, a beira-mar e lugares onde ela esteve quando criança – “um pouco trash, mas meio fofo” – enquanto compunha. Ao alcançar o topo, Eliza Rose também se tornou a primeira DJ mulher a ter um single número 1 no Reino Unido em mais de 20 anos, desde Sonique com ‘Feels So Good’ em 2000.

A colaboração seguinte de Eliza Rose, ‘Body Moving’ com Calvin Harris, também chegou ao Top 40 das paradas oficiais, chegando ao número 34.

Ainda nessa toada, Eliza apresentou ‘Better Love’, se aproximando mais diretamente ao UKG ou UK Garage com suas batidas quebradas e um groove com a assinatura vocal deliciosa e leve.

Destaque nesta edição do Jazzmasters é ‘Business As Usual’.

Eliza Rose retorna agora, aos 23 anos, mais segura de si, acreditando mais na sua voz e lançou um novo EP “Business As Usual” pela Rosebud Recordings. Aqui Eliza Rose se aproxima do padrinho do UKG, MJ Cole, uma das primeiras e verdadeiras estrelas do garage do Reino Unido, resultando em uma excelente homenagem ao gênero em suas formas passadas e presentes. O EP amplia seu som – há um toque de jazz vintage aqui, junto com sua propensão para o soul e o neo soul com pitadas de Erikah Badu na sua interpretação.

“O EP como um todo é um verdadeiro reflexo dos meus dois sons favoritos. Adoro misturar jazz e soul com UKG e queria refletir isso em um EP completo. Foi sobre voltar às raízes da minha gravadora, Rosebud Recordings. Com  faixas de soul com remixes do UKG. Então adorei levar isso de volta às minhas raízes como escritora, produtora e cantora. Mal posso esperar para que esse EP tenha seu momento ao Sol!”

– Eliza Rose

Não se preocupe Eliza, aqui no Jazzmasters ela está brilhando mais do que nunca!!

Confira a música que está nessa edição do Jazzmasters:

Pesquisar

Últimas postagens

Eliza Rose: Do Primeiro Emprego Na Loja De Discos Ao Topo Dos Charts. Conheça A Nova Dona Das Pistas

A Holanda Nos Presenteia Com O Rock’n’Soul De Sven Hammond

O Vibrante Estilo Neo-Jazz Do Quinteto ROSEYE Brilha Em Todo O Projeto ‘Every Move’

Cousin Kula: O Grupo De Bristol Apresenta O Lado Alegre E Divertido Do Amor No Álbum ‘Vitamin D’

Os Australianos Do Mildlife Estão De Volta Com Seu Terceiro Álbum ‘Chorus’

‘Real Good Mood’ De Dana Masters É Um Dos Melhores Lançamentos Do Ano, Celebrando A Alegria E O Lado Bom Da Vida!

Compartilhe